Rebaixados da Série C

11/09/2017 às 17:15 | Assessoria CBF

ASA, Mogi, Moto e Macaé jogarão a Série D em 2018

Créditos: CBF

ASA/AL, Mogi Mirim, Moto Club/MA e Macaé são os clubes rebaixados da Série C do Campeonato Brasileiro. De acordo com o artigo 18 do Regulamento Específico da Competição (ver imagem abaixo), as quatro equipes disputarão o Campeonato Brasileiro Série D 2018. 

CLIQUE e confira como ficou a classificação final após o fim da Primeira Fase do Brasileiro Série C

ASA e Mogi Mirim terminaram a Primeira Fase com 13 pontos conquistados, com aproveitamento de 24%. O ASA/AL somou apenas duas vitórias em 18 jogos. Já o Mogi Mirim venceu três partidas. As duas equipes se despediram da competição ostentando o título de mais indisciplinadas em seus respectivos grupos. O time alagoano foi punido com 56 cartões amarelos e sete vermelhos, no Grupo A. Já O Mogi recebeu 53 amarelos e quatro vermelhos.

Juntos, os dois clubes só marcaram 26 gols, dois a menos que o Joinville, clube com o ataque mais positivo da Primeira Fase.

Moto Club e Macaé foram os penúltimos colocados de seus grupos. Com desempenho de 37% e 35%, respectivamente, as equipes brigaram até as últimas rodadas para permanecer na C, mas não foi possível.

No último final de semana, com o fim da Primeira Fase do Brasileiro Série C, ficaram definidos os clubes classificados para a Segunda Fase e postulantes às quatro vagas na Série B 2018. Sampaio Corrêa/MA, CSA/AL, Fortaleza/CE e Confiança/SE passaram no Grupo A. São Bento/SP, Tupi/MG, Tombense/MG e Volta Redonda/RJ foram os melhores colocados no Grupo B

 

 

Leia mais

Nossos patrocinadores