STJD

31/08/2017 às 14:19 | STJD

Comissão absolve Rogério Micale

Créditos: Daniela Lameira / Site STJD

Expulso diante do Fluminense, o técnico Rogério Micale foi julgado nesta quinta, dia 31 de agosto, no STJD do Futebol. Denunciado por invasão e desrespeito contra a arbitragem, o treinador do Atlético/MG foi absolvido por unanimidade dos votos da Quinta Comissão Disciplinar. A decisão cabe recurso.

Na súmula da partida realizada no último dia 21, pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o árbitro narrou na súmula o motivo da expulsão do treinador do Atlético/MG.

“Expulsei o técnico do Clube Atlético Mineiro, Sr. Mário Rogério Reis Micale..., por adentrar ao campo de jogo após o término do 1º tempo, reclamando das decisões da arbitragem”, escreveu o árbitro Vinicius Goncalves Dias Araújo..

No entendimento da Procuradoria, o treinador cometeu infração aos artigo 258-B e 258, inciso II do CBJD. Diante da Quinta Comissão, a Procuradoria Júlia Gelli reiterou os termos da denúncia.

Pelo Atlético/MG, o advogado Lucas Ottoni exibiu prova de vídeo e destacou que o árbitro pediu posteriormente desculpas ao treinador Micale pela decisão de expulsá-lo.

Relator do processo, o Auditor Eduardo Mello justificou seu voto. “A súmula diz que foi reclamar, mas não fala de maneira acintosa, com palavrão. Não sei nem o motivo que foi expulso. Achei até de maneira excessiva(a expulsão). Estou absolvendo o treinador. Entendo que foi ali não para reclamar e sim com o intuito de retirar seus atletas”.

O entendimento do relator foi acompanhado pelos Auditores José Nascimento, Maurício Neves e pelo Presidente Rodrigo Raposo.

Nossos patrocinadores