Regulamento, tabela e plano de ação

22/11/2017 às 18:40 | Assessoria CBF

Documentos técnicos da Copa Verde 2018

Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

A Copa Verde 2018 já tem data prevista para começar. No dia 21 de janeiro (domingo), a bola vai rolar para a competição que envolve clubes de futebol das regiões Norte e Centro Oeste do país, além de uma agremiação do Estado do Espírito Santo. A Diretoria de Competições da CBF divulgou, nesta quarta-feira (22), os documentos técnicos da competição. São eles o Regulamento Específico, o Plano de Ação, a Tabela Básica e o Diagrama das Fases.

O clube campeão da Copa Verde de 2018 terá vaga assegurada nas Oitavas de Final da Copa do Brasil de 2019. A Copa será disputada em quatro fases, além de uma Fase Preliminar. Os clubes serão distribuídos em grupos de dois, em cada fase, e se enfrentarão em sistema eliminatório (mata-mata), sempre se classificando um clube para a fase seguinte (ver mais detalhes no REC em anexo no fim da matéria). 

A Copa Verde tem como atual campeão o Luverdense. Mas a disputa também se destaca fora das quatro linhas por conta das ações de sustentabilidade e de preservação do meio ambiente, que desde 2016 fazem parte do campeonato. As iniciativas englobam a troca de garrafas pet por ingressos e até itens de marketing feitos com materiais ecossustentáveis.   

VEJA MAIS: Copa Verde produz ótimo resultado socioambiental 

Na edição de 2017, o campeonato evitou a emissão de 19 toneladas de carbono e gerou uma economia de 51,6 m³ de água por meio da coleta de resíduos sólidos. Além disso, 2,57 toneladas de garrafas pet foram destinadas à reciclagem e todo o carbono emitido pela competição (265 toneladas de CO2) foi compensado por meio do plantio de 1.450 mudas de árvores em Anapu (PA). 

Anexos

Leia mais

Nossos patrocinadores